The magazine of the forest sector

(Português) Edição 15 - Ano 02 - N° 12 - 2015

Publicado em 15 de December de 2015

Cartas na Mesa

Cartas na Mesa

Avaliar o setor florestal em 2015 não é uma tarefa fácil, afinal diversos aspectos econômicos e políticos precisam ser considerados. A dificuldade existe porque a cada dia novos escândalos surgem e impactam diretamente a economia brasileira. A estagnação econômica e uma verdadeira guerra política fazem parte da realidade enfrentada todos os dias pelo empresário, que a todo custo luta para manter as contas em dia e a cada semana ou mês reavalia as possibilidades e traça novas estratégias para continuar atuando de forma competitiva.

Mas a pergunta que não quer calar é, até quando? Até quando o empresário brasileiro terá que fazer uma verdadeira ginástica para se manter competitivo, terá que cortar custos ao invés de investir, terá que viver na insegurança e falta de apoio do próprio governo, que só pensa em aumentar impostos para pagar por sua incompetência. Até quando terá que restringir o seu mercado de atuação ao invés de ter novas perspectivas de crescimento?

Motivos para desistir não faltam. Mas o que se percebe no setor madeireiro de base florestal é uma gama e união vista em raros momentos. Talvez porque a situação não esteja tão crítica, e falamos aqui dos índices de exportação de celulose, papel, compensados, que graças a valorização da moeda norte-americana alcançaram uma ligeira recuperação das vendas.

Levando este contexto em consideração, o próximo ano é visto com cautela por profissionais diretamente ligados ao mercado. Em reportagem principal acompanhe a análise feita por alguns deles, que prospectam que o setor tende a ficar estagnado ou ter leve crescimento em 2016.

Diretamente inserida neste cenário a Malinovski Florestal, empresa responsável pela publicação da Revista B.Forest manifesta seu apoio a todos os profissionais florestais que estão trabalhando por um pais melhor, mais forte, justo e competitivo!

Vamos fazer a nossa parte, como um setor unido e atuante, e certamente passaremos por 2016.

Conselho Técnico:
Aires Galhardo (Diretor Florestal da Fibria), Antonio Solano Junior (Gerente de vendas para América do Norte e do Sul da Caterpillar), César Augusto Graeser (Diretor de Operações Florestais da Suzano), Edson Tadeu Iede (Chefe Geral da Embrapa Florestas), Germano Aguiar (Diretor Florestal da Eldorado Brasil), José Totti (Diretor Florestal da Klabin), Lonard dos Santos (Diretor de Vendas da Komatsu Forest), Mário Sant’Anna Junior (Diretor Executivo Floretal da Gerdau), Rodrigo Junqueira (Gerente de Vendas da John Deere Florestal), Sergio da Silveira Borenstain (Diretor Florestal da Veracel), Teemu Raitis (Diretor da Ponsse Latin America).

B.Forest – A Revista Eletrônica do Setor Florestal
Edição 15 – Ano 02 – N° 12 – Dezmebro 2015

Malinovski Florestal
+55(41)3049-7888
Rua Prefeito Angelo Lopes, 1860 – Hugo Lange – Curitiba (PR) CEP: 80040-252
www.malinovski.com.br / comunicacao@malinovski.com.br

© 2015 Malinovski Florestal. Todos os Direitos Reservados.

continuar lendo

Edições Anteriores