A revista eletrônica do setor florestal

Edição 57 | Julho

Publicado em 4 de agosto de 2019

Queridos amigos e leitores da B.Forest,

Queridos amigos e leitores da B.Forest,

Recentemente, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento aprovou o Plano Nacional de Desenvolvimento de Florestas Plantadas (PNDF), que tem como meta ampliar a área de produção florestal no país em dois milhões de hectares até 2030, um aumento de 20% sobre a área plantada atual. Definitivamente, este é um momento de oportunidades e novos horizontes para a cadeia produtiva da floresta, em que teremos uma política nacional com ações previstas para os próximos dez anos, dando maior segurança jurídica aos investimentos em culturas florestais.
Como veículo de comunicação dedicado à cobertura do setor florestal, a B.Forest continuará a realizar seu trabalho de análise das principais tendências tecnológicas, mercadológicas e políticas do setor. Nesta edição, trazemos três reportagens especiais para você: a primeira diz respeito às possibilidades de automação em viveiros florestais; a segunda trata de tecnologias de ponta para serrarias no Brasil e no exterior; e a terceira discute a importância de se optar por um cabeçote de colheita robusto e versátil para uma colheita florestal produtiva.
E o convidado especial deste mês é Mario Grassi, gerente executivo florestal da Suzano, hoje a maior empresa do agronegócio brasileiro. Nessa entrevista especial, Grassi fala à B.Forest sobre o processo de fusão e os desafios da silvicultura dessa gigante do mercado mundial. Não perca!

Rafael Malinovski
Diretor de Negócios da Malinovski
continuar lendo

Edições Anteriores